segunda-feira, 20 de março de 2017

A disciplina é sagrada

A disciplina é sagrada, é ela que te faz um bom homem, um homem que pratica boas ações. Uma boa rotina produz um homem bom, tu deves alimentá-la com o fogo do teu ardor, tua fé, é muito fácil descair nas trevas do niilismo, depor as armas contra o destino, e sucumbir na luta eterna que ocorre dentro de nós.

Não te livres dessas agruras pois elas te purificam da vaidade e trivialidade do mundo, em nossa época corrompida em seu fulcro, a disciplina e prática ascética são como a chuva que lava essa sujeira de sua alma.

A solitude pode desorientar um homem se não conduzida por caminhos retos e sábios, se assim for, ela o eleva, muito mais alto que a plebe e massa vulgar materialista, eleva-o aos picos e abismos onde somente a grandeza pode coexistir. Uma solitude assim é sagrada, e deve ser mantida. Essa é a ascese da honra e iluminação.

domingo, 12 de março de 2017

Eu vivo em tempos decisivos

Texto escrito em 12/10/2016

Eu vivo em tempos decisivos. Para o mundo, para o espírito dos tempos, ao que se resumem as eleições americanas, onde poderemos ver uma renascimento do nacionalismo, ou o fim das identidades nacionais e decaimento completo do ocidente.

Isso não deveria me afetar porém, isso eu não posso controlar, o que eu posso controlar são minhas motivações, virtudes, desejos, honra. Não coisas externas, materiais, a vontade de outras pessoas. Ainda assim tudo isso é tão excitante, estar assim a beira do abismo, eu gostaria também de participar desse ativismo nos EUA, lutar por essa causa, mas ao destino soeu eu ter nascido bem longe. Mesmo assistir como terceiro é excitante.

Não devo me esquecer que essa batalha é aparente, a verdadeira batalha ocorre em mim, em como eu sucumbo ou não a vileza do mundo, e sujo meu espírito no monturo da desonra. Se eu me mantiver limpo, meu mundo interno estará limpo, portanto todas as coisas mesmo externas se revestirão dessa pureza. Eu não devo me excitar demais ou me abater com o resultado da política ou de coisas externas. 

Minha visão do que eu devo fazer para viver dignamente é clara, no fundo todos nós sabemos porque somos corruptos e como deixar de ser corruptos, na maior parte do tempo não fazemos porque é mais prazeroso continuar vivendo na sujeira do que se elevar e viver de acordo com a natureza.

Continuar

Estive a pensar em sustar minhas atividades nesse blogue, deveras durante o ano passado, dediquei-me, ainda que precariamente, as traduções. Mas meditei e cheguei a conclusão que não, já derramei muito do meu espírito nessas páginas para desistir agora, e em nenhum outro meio eu me expresso como aqui. Apesar de ser deserto.

Confesso, a interação social, ou falta dela me desmotiva, mas olhando para trás e analisando o principal motivo de eu criar esse blogue, escrever de mim à mim, não ter companheiros de viagem não seria um motivo sensato para eu fechar essa empreitada. Tudo isso, claro, em perspectiva de que outras redes sociais de compartilhamento de textos facilitam muito mais a participação dos usuários. Todavia deveras, sucumbir a essas veleidades seria um erro.

Essa solitude ao invés me permite contemplar, ser humilde, meditar em mim mesmo, me refrear, e silenciar o zumbido social que é a adicção da sociedade moderna, nesse ponto, esse blogue é meu espaço de meditação e transcendência, é meu deserto em que reflito nesses 40 dias eternos, a solitude solar, a destruição do ego voraz, e a ascensão ao caminho da virtude.

Essas reflexões são internalizadas, cinzeladas na alma, pelo silêncio e vazio sublime, onde meu verdadeiro eu pode irradiar-se e pervadir com sua benevolência todos recônditos da minha mente, que amiúde se descaminha em torrentes apaixonadas de sentimentos que não me enobrecem, nem me elevam, causadas pelo ego desfigurante.

Saúdo a ti, oh sagrada e pura solitude, faz-me transcender e elevar-me sobre mim mesmo.

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Trump garante a nomeação

Saudações, bons amigos, quero explicitar aqui minha felicidade com a nomeação de Donald John Trump para ser candidato a presidente pelo partido republicano, deveras, esse ciclo de eleições dos EUA eu acompanharei com acentuado interesse, e se de fato Trump vencer, será um mandato no mínimo diferente, ao menos no modo como os EUA conduzem sua política externa.

Ademais, confesso também minha curiosidade em saber como Trump se sairá como estadista.

Jamais achei que os EUA pudessem eleger um político do calibre de Trump, com idéias tão incomuns do que as que são vistas no cenário americano. E com efeito talvez não elejam, a consagração ou não de Trump será um marco, e evidência do caráter demográfico da América, os Estados Unidos podem continuar como potência ou se tornar um leviatã impotente, como o Brasil.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Derrota de Trump?




Desde o meio do ano passado venho acompanhando com interesse a disputa pela nominação republicana, isso porque houve um candidato que me surpreendeu com suas propostas e posições, Donald John Trump. Confesso que para mim antes ele era uma celebridade qualquer americana, e suas posições políticas eu as achava genéricas, porém ano passado talvez, ou antes, algo mudou no que ele propunha, houve um estalo, e suas posições começaram a ficar cada vez mais nacionalistas, mais contrárias aos políticos que estão no poder, tanto republicanos quanto democratas.

Dizem que essa mudança ocorreu devido a leitura do livro escrito por Ann Coulter, "Adios America" que trata da imigração, criminalidade e da dissolução da identidade cultural da população americana. Seja como for, as posições de Trump atualmente são bastante diferentes de todos os candidatos pela nominação a presidência pelo partido republicano.

Trump não é o candidato comum republicano, que defende um controle maior sobre a imigração ilegal, mas nada radical; impostos mais baixos, nenhuma ou pouca intervenção estatal na economia, lealdade irrestrita e subserviente a Israel, contra o aborto, contra o casamento gay etc, etc.

O que Trump defende: Construção de um muro colossal na fronteira, que será pago pelo México, caso contrário este país perderia todos os benefícios de acordos comerciais que tem com os EUA, como NAFTA, e outras isenções fiscais para seus produtos.

Deportação imediata de todos os imigrantes ilegais, essa medida em particular horrorizou a mídia e seus colegas republicanos pretendentes a nomeação do partido.

Banimento temporário de toda imigração muçulmana para os EUA, até que essa possa ser feita de modo seguro através de um sistema eficaz de filtragem para evitar terroristas.

Taxação dos produtos de empresas americanas que terceirizam sua fábricas em outros países.

Reaparelhamento das forças de defesa nacional e readequação dos programas de apoio aos veteranos

Entre outras.

Trump impôs o tom da campanha começando em junho do ano passado e visto seu sucesso nas pesquisas logo os outros candidatos adotaram esse tom, conspícuamente Ted Cruz.

IOWA

Ontem aconteceu o caucus do estado americano de Iowa, caucus são assembleias onde os eleitores registrados no partido republicano ou democrata fazem as votações sobre qual pré-candidato hão de escolher, cada condado escolhe seus delegados que por sua vez escolhem os delegados dos distritos, esses são os tem voto na escolha final do candidato.

Ted Cruz é filho de um pregador Evangélico, e em sua campanha sempre ressaltou sua piedade e devoção a fé cristã, a maioria da população em Iowa é luterana evangélica, e deve-se supor que grande parte dos republicanos registrados também devem comungar dessa crença.

Ted Cruz é um conservador clássico, sempre teve essa posição política, e segue os cânones do conservadorismo americano de acordo, é uma aposta sem erro para uma população religiosa e rural como a de Iowa.

Os jornais clamam que a candidatura de Trump perdeu momento, que foi um golpe duro, etc, etc, ora, dos 30 delegados de Ia. Cruz conseguiu 8, Trump 7, Rubio 7. Sim, Trump perdeu no número total, mas considerando contra quem ele competia, e em que população ele pleiteava, seus resultados são satisfatórios sim.

Ademais, já ouviram falar do presidente Mike Huckabee, ou do Presidente Rick Santorum? Não? Pois foram esses os vencedores do caucus de Iowa respectivamente em 2008 e 2012. 

É claro que os liberais e conservadores vão jactar-se dessa primeira vitória, e tentar ganhar momento, mas não conseguirão, assim como os dois acima citados não conseguiram, pois o trem de Trump está rolando a todo vapor e continuará rolando até a vitória, para fazer a América se tornar grande novamente.

sábado, 30 de janeiro de 2016

Perdoem-me

Perdoem-me, oh confrades, essa demorada ausência, nada mudou realmente, as cousas vogam como quer o fluxo do destino, e eu vou, às vezes de bom grado, às vezes arrastado pelos grilhões do fado, assim como qualquer mortal. Sempre atentando em não perder minha honra, pois quão fácil é nessa época de prazeres, nós deixarmos a virtude escapar e nos tornarmos menos que seres humanos. Até agora consegui, não sem esforços hercúleos, sem nenhum par para me vigiar, afinal vivo no monturo da sociedade moderna, mas antes, tenho em mim meu supremo fiscalizador, minha consciência, ubíqua em seu olhar onisciente perscrutando os arrabaldes mais negros de minha alma, e me condenando com veemência fanática e cruel, por meus defeitos humanos porém evitáveis, porque eu sei melhor do que agir como um animal.

Os Deuses derramam suas graças sobre mim, e honestamente, sobre qualquer homem que esteja disposto a percebê-las, pois, eu ainda não encontrei razão teológica que ressoe, no entanto, parece claro que os Deuses favorecem o caminho da virtude, qualquer mente não corrompida pelo niilismo doentio moderno o vê. Seguir a vontade dos Deuses é gratificante, por mais que esteja consciente da infinitesimal pequenez do meu ser e da humanidade perante o universo, as dimensões cósmicas, os outros seres inteligentes e superiores que habitam o tempo e espaço, e por fim os próprios Deuses, todos os indícios parecem apontar que sim, os Deuses se importam conosco, com o nosso modo de viver, com o nosso espírito. Levando isso ao peito, eu consigo arrostar esses turbilhões malignos de degeneração que assolam o mundo moderno, mas não hão de mover-me, pois minhas raízes são profundas, e elas não gelam, jamais.

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Esteja em ambientes saudáveis

O Dalai Lama dissera em seu livro palavras de sabedoria; "Esteja com pessoas de condição inferior a você e decairá, esteja com pessoas de condição igual a tua e permanecerá o mesmo, esteja com pessoas superiores e ascenderá". Naturalmente essa classificação que ele faz das pessoas não se refere a condição econômica e sim espiritual. É uma verdade indelével outrossim.

Eu creio que as tendências genéticas determinam de modo inexorável o comportamento da maioria das pessoas, no entanto, reconheço as influências benéficas ou não, da criação a que foi submetido um indivíduo, vou ainda além, e digo que como nós seres humanos somos animais sociais, geralmente se um indivíduo de cultura diferente, for imiscuído sozinho em outro grupo ele acabará por adotar a cultura do grupo ou no mínimo sincretizar a sua cultura com a do grupo. Note-se, eu disse um indivíduo isolado e não indivíduos, pois tudo isso é o contrário se imiscuirmos grupos dentro de grupos, se no caso for um grupo pequeno dentro de um grupo grande raramente ocorre assimilação, ao invés, ocorre hostilidade, com cada grupo lutando pelo poder, isso a história já provou e continua a provar. A assimilação entre grupos somente ocorre se os grupos tiverem culturas parecidas.

Quem vive hoje no monturo da sociedade moderna, deve aprender a selecionar os ambientes que frequenta se não quiser ter sua cultura deturpada, afinal geralmente nós somos sós, especialmente num país como o Brasil, estando em ambientes degenerados você somente conhecerá pessoas iníquas, terá oportunidades infames, e estando envolto nessa cultura ignóbil, logo verá a estrutura de seus pensamentos afetada por toda essa sujeira. Drogas, promiscuidade, ignorância, ateísmo, corrupção, materialismo, são tudo que esses plebeus tem para oferecer, seu dever é declinar esses presentes hediondos.

Estar com pessoas que estimulem nossa inteligência e virtude, esse é um aspecto da verdadeira amizade, pessoas assim são raras, e por vezes somente as encontramos entre os mortos, nos livros. Não obstante isso, minhas recomendações gerais são de se manter a socialização, procure eventos que afastem os degenerados, por exemplo os de manhã, como corridas de rua, passeios ciclísticos, festivais tradicionais, feiras estudantis e de livros, festas de igreja, eventos familiares em geral.

Se você tiver de sair a noite, evite lugares que tocam, funk, sertanejo, rap, reggae, etc...

De todo modo não é bom sair a noite qualquer que seja o tipo de lugar, não é uma diversão saudável, a probabilidade de encontrar degenerados é alta.

É difícil manter a alma limpa se não se vive em um local limpo.